Governo do Amazonas desativou 85% dos leitos de UTI para Covid-19

Por Portal do Holanda

15/01/2021 15h45 — em Amazonas

Elevado percentual de leitos desativados chamou a atenção. Foto: Divulgação/DPE

Entre julho e outubro de 2020, o estado do Amazonas desativou 85% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do SUS montados para atender pacientes com Covid-19.

De acordo com a Folha de S. Paulo, 117 das 137 UTIs criadas entre fevereiro a julho deixaram de funcionar no período citado. Os dados constam de levantamento realizado pelo Instituto Votorantim com base em informações da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM).

O levantamento foi desenvolvido para avaliar a disposição de leitos de UTI públicos e privados nos estados brasileiros, bem como a oferta de respiradores. No entanto, o elevado percentual de leitos desativados chamou a atenção da equipe do instituto.

Atualmente, a capital sofre com falta de leitos e oxigênios, e médicos estão decidindo quais pacientes devem sobreviver. Cerca de 700 pacientes devem ser transferidos para outros estados.
 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas