Detentos das cadeias em Manaus ganharão carteira de trabalho digital para futuras contratações

Por Portal do Holanda

19/06/2020 2h20 — em Amazonas

Foto: Cláudio Heitor / Secom

Uma parceria da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) com a Secretaria Executiva de Trabalho e Empreendedorismo (Setemp) realiza, nesta semana, um treinamento com servidores do Departamento de Reintegração Social e Capacitação (Deresc) e das unidades prisionais, para trabalharem na emissão de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) digital para os reeducandos do sistema prisional do Amazonas.
.
“Esse treinamento possibilitará agilidade nas ações de emissão de carteira de trabalho digital para os apenados, e assim nosso próprio pessoal poderá, continuamente, realizar esse serviço conforme a demanda, dentro do sistema prisional”, declarou a chefe do Deresc, Keyla Prado.


O diretor do Sistema Nacional de Emprego no Amazonas (Sine-Am), Alysson Ferreira, deu instruções sobre como operacionalizar o sistema da plataforma do Ministério do Trabalho para a efetivação de cadastro para emissão da CTPS digital, na terça-feira (16), no Centro de Detenção Provisória de Manaus II (CDPM 2), localizado no Km 08 da rodovia BR-174 (Manaus-Boa Vista). Na unidade, 101 internos estão cotados para receber o documento.
.
As ações de emissão da carteira de trabalho digital terão início com os apenados participantes do programa “Trabalhando a Liberdade”, que poderão utilizar o documento em uma futura contratação. Os internos que já possuem o documento físico farão atualização dos mesmos para unificação dos dados. Em seguida, o trabalho continuará até alcançar toda a massa carcerária.
.
Prosseguimento – Até o próximo dia 3 de julho, o treinamento será realizado em todas as unidades prisionais da capital.
.
A Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) digital substitui o documento de papel desde o dia 24 de setembro do ano passado, por meio da Portaria nº 1.065 da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, de 23 de setembro de 2019.