Dois dos advogados presos na operação “La Muralha” gozam de liberdade

Por Portal do Holanda

01/03/2016 9h39 — em Policial

Manaus/AM - Na última quarta-feira (24) juiz federal da 2ª Vara Federal/SJAM, Marllon Souza, decretou a liberdade provisória aos advogados indiciados na operação “La Muralha”, desencadeada em novembro do ano passado.

O magistrado estipulou aos advogados uma fiança de 40 salários mínimos, o que equivale a R$ 35,2 mil. Entre os réus estão: Lucimar Vidinha Gomes, a “Bar Vidinha”, Rosângela Amorim da Silva, Aldemir da Rocha Silva Júnior, Janderson Fernandes Ribeiro, o “Professor” e Suelene Socorro Carvalho Veríssimo e Wanderlan Marinho dos Santos. Dos acusados, somente Rosângela e Janderson já pagaram a fiança e já estão em liberdade após alvará de soltura. O juiz entendeu que os réus não têm porque se manterem presos durante o andamento do processo.

La Muralha

Durante a operação La Muralha a advogada Janaína Veríssimo chegou a ser presa, porém as investigações da Polícia Federal não conseguiram reunir nenhuma prova contra ela. Em razão disso, Janaína foi excluída do inquérito.

O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Policial