Caso Miguel: MP denuncia primeira-dama de Tamandaré

Por Portal do Holanda

14/07/2020 11h32 — em Brasil

Foto: Reprodução

O Ministério Público de Pernambuco denunciou Sarí Corte Real, por abandono de incapaz com resultado morte. A denúncia foi apresentada na manhã dessa terça-feira (13),  na 1ª Vara de Crimes contra Criança e Adolescente.

A primeira-dama, estava com a criança quando ela saiu do apartamento dela para procurar a mãe e acabou caindo do 9º andar do prédio.

No dia da queda, ela chegou a ser presa acusada de homicídio culposo, mas pagou fiança e foi liberada. Com a denúncia, a pena de Sarí pode ser agravada, atualmente, ela responde ao processo em liberdade.

Após a ampla divulgação do caso, o marido dela, o prefeito Sérgio Hacker, teve parte dos bens bloqueados. Isso porque foi descoberto que o mesmo teria colocado a mãe e avó de Miguel como funcionárias fantasmas da prefeitura.

As duas trabalhavam para a família, mas eram pagas com verba pública do município. Os nomes delas foram encontrados na folha de pagamento da instituição.

+ Brasil