Caso Miguel: Primeira-dama é indiciada e pode pegar até 12 anos de prisão

Por Portal do Holanda

01/07/2020 16h39 — em Brasil

Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal

A primeira-dama de Tamandaré, Sari Gaspar, foi indiciada por abandono de incapaz que resultou na morte do menino Miguel de 5 anos. A criança morreu após cair de um prédio de luxo em junho. 

De acordo com o G1, o inquérito foi concluído nesta quarta-feira (1). A pena pode ser de quatro a 12 anos de prisão. 

 

Ainda segundo a publicação, a decisão foi tomada também porque Sari não acompanhou a movimentação do elevador pelo visor que fica no andar, e retornou para fazer as unhas no apartamento.