Compartilhe este texto

Irmão de Kimberly Mota pede indenização do assassino da miss em Manaus

Por Portal do Holanda

27/01/2022 7h29 — em
Policial


Rafael foi condenado a 14 anos de prisão - Foto: Divulgação

Manaus/AM - William Mota, irmão da miss Manicoré, Kimberly Mota, entrou com pedido de indenização contra Rafael  Fernandez, assassino da jovem.

O homem entrou com um processo por danos morais e pede o valor de R$ 70 mil do condenado, que ainda figura como funcionário público do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) e recebe salário do órgão na função de analista judiciário.

O advogado de William alega que o cliente sofre danos emocionais e psicológicos desde o assassinato brutal da irmã e que não consegue mais trabalhar, nem levar uma vida normal.

A morte de Kimberly ocorreu em maio de 2021 e Rafael foi condenado a 14 anos de prisão em regime fechado em outubro de 2021.

Horas depois da condenação, Neila Mota, mãe de Kimberly, também faleceu. Ela foi diagnosticada com leucemia após a morte da miss e internada, chegou a depor no julgamento da filha.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Policial

+ Policial