Paixão e fogo

Por

21/04/2012 21h44 — em Editorial

A revelação de que o incêndio que destruiu 30 casas na Matinha, quinta-feira, foi provocado por uma mulher furiosa com o marido, ao descobrir que era traída, levou a polícia a mudar o rumo da investigação. A versão inicial de que o fogo foi provocado por um curto-circuito cedeu lugar a uma ação supostamente planejada e criminosa, que afetou centenas de pessoas.

Na Matinha de terra molhada, onde o crime se oculta em estreitas passarelas de madeira, mulher e homem não se conciliam na infidelidade, como na cidade de pedra da Zona Sul, ou nos condomínios de luxo da Ponta Negra. Lá, mulher e homem que pulam o muro rompem relações, muitas vezes se matam. O incêndio da paixão ganha forma num riscar de fósforo que afeta toda a comunidade.

Na Matinha que é a  nossa  "Rocinha"  mulher que trai é prostituta e homem que é traído leva chifre. É a forma de uma gente simples traduzir um sentimento que afinal está na alma de quem se apaixona, se julga dono do outro, seja nos arranha-céus da Ponta Negra, seja lá mesmo, nas modestas casinhas de madeira fincadas na molhada Matinha.

Só que  desta vez esse fogo não afetou  apenas quem perdeu a casa. Afetou toda a sociedade, chamada a pagar a conta.

 

Raimundo Holanda

 

NULL

O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.