Siga o Portal do Holanda

Constantino Nery

Obra do complexo viário da Constantino Nery muda trânsito a partir de sábado

Publicado

em

CPI da Seduc revela racha na base do governo e pânico na Assembleia


A partir deste sábado, dia 5, o trecho da avenida Constantino Nery, entre as ruas Pará e João Valério, ficará fluindo em uma faixa no sentido Centro/bairro. A intervenção ocorre por conta do avanço na obra do complexo viário Ministro Roberto Campos, executada pela Prefeitura de Manaus, que nos próximos dias dará início à concretagem da laje da plataforma principal, localizada na avenida.

Com 53% da obra já concluída, complexo viário deve ser entregue cinco meses antes do prazo contratado

O trecho com estreitamento estará sinalizado com placas e agentes de trânsito do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) permanecem no local para monitorar o tráfego e orientar condutores durante a intervenção.

O sentido bairro/Centro permanece fluindo em uma faixa no contrafluxo, sem alteração.

Em cinco meses, a obra do complexo viário na Constantino Nery já chega a 53% dos serviços finalizados, dando forma ao novo anel viário. A expectativa é de que a obra seja entregue em tempo recorde, em 10 meses, cinco meses antes do prazo contratado.

Retirada emergencial na avenida Senador Álvaro Maia

Também neste sábado, 5, o acesso para a avenida Djalma Batista, sentido Centro/bairro, via passagem inferior do viaduto da avenida Senador Álvaro Maia, será interditado por 30 minutos, a partir das 14h, para a supressão de uma árvore com risco de tombamento.  Será necessário interditar, ainda, a alça superior nesse mesmo trecho, interrompendo, temporariamente, o acesso da Álvaro Maia para a Djalma Batista.

Agentes do IMMU estarão posicionados nas vias próximas da intervenção para orientar condutores sobre os desvios. Quem segue pela avenida Ayrão ou rua Silva Ramos, sentido Djalma Batista, deverá seguir para a avenida Constantino Nery, acessar a rua São Geraldo para chegar à rua Pará e, assim, retornar para a Djalma Batista.

A operação também será acompanhada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), que atestou forte inclinação da árvore, rachaduras e podridão no tronco. A análise comprovou o risco de queda e autorizou a supressão, de caráter preventivo. A árvore é da espécie Palheteira. O serviço será executado pela Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp). 

Fotos: Altemar Alcântara/Semcom



Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.