Apuração para a escolha de novos conselheiros tutelares em Manaus está 44% concluída

Apuração para a escolha de novos conselheiros tutelares em Manaus está 44% concluída

Por Portal do Holanda

06/10/2019 22h51 — em Amazonas

Foto: Nathalie Brasil / Semcom

Até às 22h deste domingo, (6), o sistema de apuração desenvolvido pela Prefeitura de Manaus para a eleição do Conselho Tutelar da capital contabilizava o total de 44% de votos apurados. O resultado irá eleger os novos 45 conselheiros tutelares e 90 suplentes do município, que irão trabalhar para garantir os direitos de crianças e adolescentes em cada zona da cidade.

A computação dos votos teve início às 18h, no auditório Isabel Victoria de Mattos Pereira do Carmo Ribeiro, localizado na sede da Prefeitura de Manaus, no bairro Compensa, Zona Oeste. Serão eleitos cinco conselheiros titulares e dez suplentes para cada um dos nove Conselhos Tutelares da capital. O resultado dos candidatos escolhidos por voto popular estará disponível no site http://sistemas.semasc.manaus.am.gov.br, por onde candidatos e a população podem acompanhar a apuração.

De acordo com a secretária municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Conceição Sampaio, durante os últimos meses uma comissão eleitoral esteve reunida para tratar de cada detalhe do pleito para que tudo ocorresse com sucesso.

“O prefeito Arthur Virgílio Neto mostrou uma grande preocupação com este pleito, justamente pelo que a eleição representa à sociedade. E agradece todas as instituições que participaram desse processo, que é tão importante para a nossa cidade. A prefeitura buscou oferecer uma eleição transparente, inovando a forma do pleito e tornando esse processo mais avançado para melhor atender os eleitores e candidatos”, destacou a secretária.

Uma grande estrutura foi montada pelo Executivo municipal para o momento da apuração na sede da prefeitura, com dois telões de led. Um na área externa, no estacionamento para eleitores e familiares, e outro na área interna do auditório para os candidatos e fiscais. O início da apuração, com a “zerésima”, também foi registrado por live na página da prefeitura no Facebook, garantindo lisura e transparência do pleito.

No total, estão sendo apuradas 495 urnas eletrônicas distribuídas em 126 escolas na zona urbana e 19 na zona rural. O resultado é aferido por dois auditores do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) e do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), que acompanharam a chegada de dados dos Boletins de Urna (BUs).

“Os processos de votação foram tranquilos, tanto na zona urbana quanto na zona rural e nós do MPE-AM estamos acompanhando tudo desde o início para que todas as comunidades possam escolher os conselheiros que realmente atuem com o compromisso na infância, já que os novos conselheiros serão o braço direito do órgão, da Semasc. É um papel de fundamental importância”, pontuou a coordenadora das promotorias de infância e juventude do MPE-AM, Romina Carvalho.

O processo eleitoral do quadriênio 2020-2023 foi coordenado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), órgão deliberativo, vinculado administrativamente à Semasc. A parceria firmada entre a Prefeitura de Manaus e o TRE-AM deu agilidade à apuração.

A presidente interina do CMDCA, Ana Maria Carvalho, desejou votos de comprometimento dos eleitos com a sociedade. “Nós esperamos que os novos conselheiros estejam realmente comprometidos com a preservação dos direitos dessas crianças. Nós, do CMDCA, nos colocamos à disposição para recebê-los e ajudar em qualquer situação”, disse.

“Este ano nossa equipe atuou no empréstimo das urnas e todo o trabalho de acompanhamento da votação na sede da prefeitura. O Termo de Cooperação Técnica, assinado pelo desembargador João Simões e o prefeito Arhur Virgílio Neto, teve o objetivo de trazer mais lisura durante a apuração dos votos”, enfatizou o secretário de tecnologia da informação do TRE-AM, Rodrigo Camelo.

Uma grande operação foi montada para que as eleições do Conselho Tutelar pudessem acontecer com organização e lisura. A Prefeitura de Manaus envolveu no pleito mais de 3 mil trabalhadores entre servidores e bolsistas de todos os órgãos municipais.

A posse dos conselheiros eleitos acontecerá no dia 10 de janeiro de 2020.

+ Amazonas