Siga o Portal do Holanda

Compra de votos

Advogado pede resultado da perícia em celular de ex-prefeito em ação que pode cassar Wilson Lima

Publicado

em

Foto: Reprodução Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Manaus/AM - O advogado Yuri Dantas, que defende o ex-governador Amazonino Mendes (PDT), no processo movido contra o governador Wilson Lima (PSC), sobre possível compra de votos em 2018, cobrou explicações da Polícia Federal (PF) em relação a perícia do celular do ex-prefeito de Nhamundá, Mário Paulin. No processo eleitoral Paulain chegou a ser detido com materiais de campanha de Lima e mais de R$ 2 mil em notas de dinheiro em seu bolso. 

Em requerimento encaminhado ao Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), o advogado cita que necessita do resultado da perícia do celular para poder dar sequência ao processo que pede a cassação do mandato de Wilson Lima. O prazo se encerra em outubro e caso a perícia não seja concluída a tempo a ação será arquivada.

Segundo Yuri Dantas, a perícia no celular de Paulain iniciou no dia 3 de dezembro de 2018 e até o momento a Polícia Federal não encerrou o trabalho e nem informou prazos para sua conclusão. 

A perícia solicitada prevê a análise das mensagens recebidas e enviadas pelo aparelho desde o registro da candidatura de Wilson Lima até o dia da eleição, assim como o histórico de ligações no mesmo período. 

Confira o requerimento encaminhado ao TRE:

Clique para baixar arquivo

No país das mulheres, homens são cidadãos de segunda classe

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.