Polícia descarta participação de homem que teve foto divulgada como autor de morte de PM

Por Portal do Holanda

15/08/2020 18h54 — em Policial

Foto: Portal do Holanda

Manaus/AM - Um homem identificado como Ruan Jr., compareceu na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) na tarde deste sábado (15), após ter suas fotos divulgadas nas redes sociais como sendo um dos suspeitos da morte do policial militar Fábio Marcelo, assassinado na noite de sexta (14), no bairro do Educandos, em Manaus.

Ruan foi acompanhado dos advogados, que levaram provas de que o cliente não foi o responsável pelo homicídio do militar lotado nas Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam). Segundo os defensores, Ruan, na noite do crime, estava na casa da companheira, quando o casal decidiu comprar churrasco em um restaurante na avenida Leopoldo Peres, via onde aconteceu o assassinato, entretanto, a compra teria acontecido momentos após ao crime.

O homem chegou a ser gravado em transmissão pelo Facebook de portais de notícia, o que segundo o advogado, mostra a inocência de seu cliente, que não estaria no local, caso fosse um dos autores do crime. 

A DEHS descartou a participação do homem, e os advogados disseram que o nome de Ruan pode ter sido associado ao nome do verdadeiro suspeito, Ruan Alves.