'Preciso encontrar Deus' disse Rafael ao confessar ao pai que matou Kimberly Mota em Manaus

Por Portal do Holanda

19/05/2020 16h15 — em Policial

Foto: Portal do Holanda / Pedro Braga Jr.

Manaus/AM - Em depoimento prestado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros, Rafael Fernandez deu detalhes sobre o dia em que sua ex-namorada, a miss Manicoré Kimberly Mota morreu.

Para a polícia, Rafael contou que após esfaquear a ex, ele ligou para o seu pai em São Paulo e disse: "Fiz uma merda e acabei com a minha vida, matei a Kimberly". E que ao ser encorajado a se entregar, ele falou: "não posso ficar aqui, preciso ir pra algum lugar, não posso ficar, eu vou para São Paulo, eu vou pra longe. Preciso encontrar Deus. Eu vou pra Venezuela. O Brasil acabou pra mim. Acabei com a minha vida, com meu diploma". 

+ Policial