Com sequelas, Carla Prata fica de cama 6 meses após ter Covid-19

Por Portal do Holanda

30/03/2021 20h54 — em Famosos & TV

Foto: Reprodução/Instagram

A ex-bailarina do Faustão, Carla Prata, desabafou sobre as sequelas que vem enfrentando, mesmo depois de passados 6 meses de ter contraído a Covid-19.   Carla foi infectada em setembro. Em novembro, já recuperada, ela foi levada ao hospital com trombose e embolia pulmonar.

Agora, a bailarina revelou que voltou a ficar de cama devido a uma ‘fadiga crônica’, um dos sintomas mais comuns entre pacientes que já tiveram o novo coronavírus. Ela também revelou que sofreu outra sequela, a trombose. 

"Estou de cama desde sexta-feira. Um cansaço que eu mal consigo levantar da cama", disse ao jornal Extra. 

"Acho que estou com essa síndrome da fadiga crônica, que muita gente tem no pós-Covid, assim como muitos têm tromboso e embolia pulmonar por conta da doença. Fico apreensiva de não saber até quando sentirei esses sintomas. As pessoas têm muito medo da Covid em si, e eu quase morri no pós. Comecei a sentir uma dor absurda na perna e fiquei dois dias internada. Eu podia ter morrido. É tudo muito perigoso, tanto a Covid, quanto o pós".

Ela, que também é modelo, afirmou que não tem mais energia para se exercitar:  "Engordei 8kg na pandemia. Não posso fazer uma atividade física mais pesada, um crossfit ou uma corrida, por exemplo", disse.

Apesar disso, Carla vê a situação pelo lado bom de ter sobrevivido à doença: "Eu sou muito abençoada. Muitas pessoas que tem a minha doença já morreram, muitas não. É muito louca, em cada pessoa ela age de uma maneira. É uma doença autoimune, ela é neuromuscular", afirmou.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Famosos & TV