Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Maioria da produção de castanha vai para os mercados da China, Austrália e EUA

Publicado

em

Manaus - Sob pressão da concorrência com Peru e Bolívia, o Estado do Amazonas atualmente exporta mais do que consome a castanha que produz. Segundo o empresário Daniel Benzecry, da Ciex, a maioria da produção é comercializada para os mercados de países como a China, Austrália e Estados Unidos.

Pelos números do Anuário Estatístico do Amazonas 2013, os maiores centros produtores de castanha no Amazonas são: Beruri e Tefé (6.188 toneladas); Boca do Acre e Manicoré (4.694 toneladas); Fonte Boa e Tonantins (643 toneladas) e Novo Airão e Barcelos (262 toneladas). Na Amazônia, o Acre é o principal estado produtor com 13.684 toneladas, ficando o Amazonas em segundo lugar com 12.901 toneladas.

Sequestro e morte: Crime Organizado ameaça poder do Estado

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.