Vídeo mostra Bolsonaro sendo orientando pelo ‘gabinete paralelo’ da Saúde

Por Portal do Holanda

04/06/2021 16h14 — em Brasil

Reunião no 'gabinete paralelo' - Imagem: Reprodução/Metrópoles

O vídeo de uma reunião no Palácio do Planalto em setembro de 2020 reforçou a teste sobre um gabinete paralelo de aconselhamento ao presidente Jair Bolsonaro durante a pandemia da covi-19. As imagens foram publicadas pelo site Metrópoles.

Na cena aparece ainda o deputado Osmar Terra, a médica Nise Yamaguchi, o virologista Paulo Zanoto e outros profissionais da Saúde.

Dentre os assuntos, o presidente é orientado a ter cautela com as vacinas por Zanoto. Ainda segundo a reportagem, na data do encontro a Pfizer estava sem respostas do Ministério da Saúde.

"O Brasil tem uma variedade genética promissora, que faz a população brasileira, provavelmente, uma das grandes mecas no desenvolvimento de vacina. A gente tem que tomar um cuidado enorme com isso (..) Não tem condição de qualquer vacina estar realisticamente na fase 3”, diz o virologista.

Zanoto diz aunda que enviou uma carta a Arthiur Weintraub sugerindo a criação de um ‘shadow board’ (que seria um tipo de gabinete das sombras, em tradução livre). Na sala da reunião ninguém aparece usando máscara.

No vídeo, Bolsonaro também aparece defendendo o uso da hidroxicloroquina contra covid e diz que um ‘amigo’ disse não haver riscos em conversa com Terra.

"Aqui tem um especialista em arritmia cardíaca, presidente. E ele é o primeiro a dizer que não tem problema usar hidroxicloroquina”, disse o deputado. E o presidente responde: "A gente viu o depoimento de um amigo nosso, também falou exatamente isso: não tem problema nenhum. Foi potencializado, exatamente para o pessoal fugir, talvez por ser um remédio muito barato".

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil