Compartilhe este texto

Veja a trajetória de Marília Mendonça e os hits que marcaram a carreira da artista

Por Portal do Holanda

05/11/2021 18h19 — em
Brasil


Foto: Divulgação

Nascida em Cristianópolis (GO) em 22 de julho de 1995, a cantora Marília Mendonça deixou amigos, familiares e uma corrente de fãs em grande tristeza. A compositora teve a morte confirmada na tarde desta sexta-feira (5), após um avião que a transportava, junto com mais quatro pessoas, cair no interior de Caratinga, em Minas Gerais. 

A artista deixa um filho de 1 anos e 10 meses. Léo completa dois anos no mês que vem.

Marília virou ícone do 'feminejo' no ano de 2016 e colecionou hits de grande sucesso como 'Infiel' e 'Eu sei a cor'. Antes de explodir no campo musical, a cantora já atuava no mercado como compositora.

Levando letras de sofrência que moveu inúmeros admiradores, Marília chegou no campo musical no mesmo período que outras duplas, como Maiara e Maraisa, e, Simone e Simaria. 

A cantora havia lançado o projeto 'Patroas' em parceria com a dupla Maiara e Maraisa, que resultou em uma indicação ao Grammy Latino 2021.

O primeiro EP que levou o nome da artista, foi lançado no ano de 2014, e já era dona de músicas como 'Alô porteiro' e 'Sentimento Louco'. 

Já com o álbum acústico de 2016, 'Agora é que são elas', a cantora conquistou projeção nacional. Entre as faixas que estouraram na época estão 'Infiel', 'Folgado', 'Saudade do Meu Ex', 'Eu sei a cor' e 'De quem é a Culpa'.

Já no ano seguinte, Marília lançou o DVD 'Realidade', ao vivo gravado em Manaus, com sucessos como 'Amante não tem lar', 'Eu sei de Cor' e 'De quem é a culpa'. 

A cantora também levou o projeto 'Todos os Cantos' gravando uma música em cada capital do Brasil. Ela aparecia de surpresa e realizava apresentações gratuitas e em praças públicas, resultando em sucessos como 'Ciumeira', 'Todo Mundo vai Sofrer', 'Apaixonadinha', 'Supera' e 'Graveto'.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Brasil

+ Brasil