Compartilhe este texto

Paulo Cupertino passou 8 meses em sítio e frequentava barbearia e lotéricas

Por Portal do Holanda

04/11/2020 7h27 — em
Brasil


Cupertino no sítio - Foto: Divulgação/PC

A polícia está no encalço de Paulo Cupertino e tenta refazer os últimos passos do assassino do ator Rafael Miguel, durante os oito meses que ele passou em uma fazenda, em Eldorado no Mato Grosso do Sul.

Conforme os investigadores, Paulo usava o nome de Manoel Machado da Silva e trabalhou como caseiro até ser denunciado na semana passada. Moradores da cidade de Eldorado contaram que ele não era de falar muito, mas aparecia com frequência na cidade para fazer a barba, apostas em uma casa lotérica e consultas em um posto de saúde.

Para isso ele usava documentos falsos que conseguiu tirar apresentando outras falsificações até para a Receita Federal, que emitiu um CPF para ele. Assim Paulo conseguia realizar movimentações bancárias. A polícia também acredita que ele teve a ajuda do dono da fazenda.

Os dois teriam, se conhecido na cidade de Ponta Porã e Cupertino teria contado sua verdadeira história. O homem lhe ofereceu esconderijo, emprego e o manteve na fazenda nos últimos oito meses. Os dois teriam fugido juntos em um helicóptero particular assim que souberam que seu paradeiro havia sido descoberto. Agora os dois são considerados foragidos, a polícia continua as buscas por eles. Paulo Cupertino matou o ator e os pais dele por não aceitar o namoro de Rafael com a filha. Ele está há mais de um anos foragido e já foi procurado em 10 estados e até em outros países.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Brasil

+ Brasil