Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Professores anunciam greve durante protesto em frente a sede do Governo em Manaus

Publicado

em

Manaus/AM - Professores da Associação Sindical dos Professores de Manaus (Asprom) anunciaram greve na manhã desta terça-feira (11), durante um ato em frente a sede do Governo, situado na avenida Brasil, bairro Compensa, zona Oeste. Com carro de som e cartazes eles protestam contra o o retorno das aulas presenciais em escolas do estado.

Segundo o coordenador de comunicação da Asprom, Lambert Melo, os professores não vão aceitar o retorno das atividades escolares nesse momento. Eles pedem que o governo espere o fim da pandemia para que as aulas possam retornar. 

"A gente pede que os pais não mandem seus filhos para as escolas nesse momento. A propaganda que o governo divulga é mentirosa. As escolas não estão preparadas para receber esses alunos. Não tem medidas de segurança para protejer esses alunos. A gente pede ao governador que reveja isso", disse. 

Lambert disse ainda, que a intenção do ato desta terça é informar ao governo que a greve está instalada por tempo indeterminado. " A nossa luta é pela vida e a partir de agora nenhum professor tem obrigação de ir para a sala de aula. Temos respaldo para isso", comentou. 

Mais de 120 escolas da rede estadual de ensino retomaram as aulas presenciais em Manaus, para receber cerca de 55 mil estudantes. Outros 55 mil alunos devem retornar às escolas nesta terça-feira, já que a capacidade determinada para as salas é de 50%, com ensino híbrido - presencial e online ao mesmo tempo.

Ao todo, mais de 1 mil associados fazem parte da Asprom, entre pedagogos e professores. Com a greve, os professores pedem que o Governo do Estado volte atrás e suspenda as aulas da rede pública, por conta da pandemia do novo coronavírus. 

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.