Enfermeiro chora durante protesto em frente ao Hospital 28 de Agosto: 'Estamos morrendo'

Por Portal do Holanda

27/04/2020 8h16 — em Amazonas

Manaus/AM - Durante protesto em frente ao Hospital 28 de Agosto, na manhã desta segunda-feira (27), profissionais da saúde imploraram por ajuda das autoridades responsáveis por equipamentos de proteção da categoria.

Com a foto dos colegas de saúde que morreram por covid-19, um enfermeiro chorou ao dizer que trabalha em condições desumanas. Aos prantos eles destacou que ao ficar doente, não recebeu atendimento do próprio hospital que trabalha.

"Estamos sofrendo represálias, nesse momento a direção do hospital está ligando pra gente para fazer ameaças. Nãos temos equipamentos, ninguém olha para gente Nossa classe está morrendo ao trabalhar na linha de frente", desabafou.

Outra enfermeira, que pegou covid-19 mas já está recuperada, também chorou ao pensar que ia morrer. "Quando eu fiquei doente, não recebi apoio do próprio hospital que eu trabalho. Eu me senti impotente, achei que ia morrer, mas Deus me curou e curou a minha família", disse