ACA pede adiamento da suspensão de serviços não essenciais no Amazonas

Por Portal do Holanda

24/12/2020 14h31 — em Amazonas

Entidade alega que empresas fecharam contratos para vendas de fim de ano. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Manaus/AM - A Associação Comercial do Amazonas (ACA) enviou nota ao Governo do Amazonas nesta quinta-feira (24) solicitando o adiamento do Decreto 43.234. A medida estabelece a suspensão de serviços não-essenciais no período de 26 de dezembro a 10 de janeiro.

Publicado ontem (23), o decreto visa conter o avanço da Covid-19 em meio à crescente ocupação de leitos em hospitais de Manaus.

Na nota, a entidade alega que o setor já fechou contratos de abastecimento de estoques e compromissos com fornecedores, tendo em vista as celebrações de fim de ano. Além disso, empresas contrataram funcionários para a crescente demanda nesta época do ano.

Nesse sentido, a entidade propõe que o decreto comece a vigorar em 1º de janeiro.

"É notória a evolução dos casos de contaminação e internação registrados nos últimos dias, porém, é fato que, desde Junho de 2020, quando foram retomadas as atividades comerciais, HOUVE CONTINUA REGRESSÃO NO PROCESSO DE CONTAMINAÇÃO E MORTES (grifo original), caracterizando que o comércio mercantil não contribuiu para o atual 'status quo'", argumenta a Associação no documento.

"Paradoxalmente a RESOLUÇÃO Nº 0045/2020-GSEFAZ nos alerta de que o recolhimento dos impostos estaduais deve ser feito até dia 29 de dezembro", acrescenta.

Clique para baixar arquivo


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas