Amante morre após fazer sexo oral em médico que passou cocaína no pênis

Por Portal do Holanda

31/01/2020 17h58 — em Bizarro

Foto: Reprodução

Um cirurgião plástico alemão foi condenado a nove anos de prisão após matar uma mulher por acidente. Ele passou cocaína no pênis e não a avisou quando ela foi fazer sexo oral nele.

A cabeleireira morreu de overdose de cocaína após fazer sexo oral em Andreas. O caso ocorreu em fevereiro do ano passado.

Na época do crime, depois de passar cocaína no pênis, Yvonne M. fez sexo oral nele e começou a sentir falta de ar. Logo em seguida, desmaiou e morreu. A autópsia mostrou que a causa da morte foi overdose de cocaína.

As investigações também apontaram que Andreas colocou cocaína na taça de espumante que deu para mulher. Segundo a acusação, ele fazia isso para que a mulher ficasse “mais fácil” e realizasse as fantasias dele.

Amigos de Yvonne disseram durante o julgamento que ela conheceu o cirurgião na internet, e eles tinham um caso há algum tempo.  “Yvonne queria largar o marido para ficar com ele. O médico era como um Christian Grey de 50 Tons de Cinza”, disse uma pessoa que não quis se identificar.


+ Bizarro