Siga o Portal do Holanda

Enfrentamento à Covid-19

Idosa é resgatada de local insalubre em rua em Manaus e levada ao Abrigo Emergencial

Publicado

em

Foto: Chamel Flores / Sejusc Foto: Chamel Flores / Sejusc
Foto: Chamel Flores / Sejusc

Investigações na saúde do Amazonas miram parlamentares e empresários


Manaus/AM -  Uma mulher de 61 anos em situação de rua e com alterações na memória foi resgatada em uma ação desenvolvida em conjunto entre equipes sociais da Prefeitura de Manaus e do Governo do Amazonas. A mulher estava em um local totalmente insalubre, nas proximidades do Terminal de Integração 4 (T4), na zona norte, e foi levada para o Abrigo Emergencial montado na Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira, na zona centro-sul da capital, como medida de enfrentamento ao coronavírus (Covid-19).

O caso chegou ao conhecimento das equipes por meio de um vídeo postado nas redes sociais. Após isso, na última quarta-feira (27), profissionais especializados da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) e das secretariais estaduais de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Sejusc) e Assistência Social (Seas) foram até o local averiguar a denúncia.

Mesmo com alterações na memória, a idosa relatou às equipes que estava no local há 15 dias e que tem dois filhos, mas não soube informar a localização de nenhum dos parentes. Após abordagem de assistentes sociais, a mulher aceitou ir para o abrigo coordenado pelo Governo do Estado, onde passou a receber cinco refeições diárias, ações de higiene, atendimento médico e psicológico especializado.

De acordo com a secretária Caroline Braz, titular da Sejusc, a situação da idosa chegou ao seu conhecimento por meio das redes sociais e via WhatsApp. Assim que recebeu a demanda, acionou o Centro Integrado de Proteção e Defesa de Direitos da Pessoa Idosa (Cipid) e demais equipes sociais para averiguar a procedência do caso.

"A equipe foi ao local, verificou que realmente a idosa estava em situação de total risco, abandonada, e já conseguimos encaminhá-la para o abrigo na Arena Amadeu Teixeira. Estamos analisando todo o seu histórico familiar para verificar se realmente tem família na cidade, para dar a ela uma solução definitiva. O mais importante agora é salvar a sua vida, garantir sua proteção, inclusive contra o coronavírus, e trabalhar a parte da alimentação e do seu emocional que está muito abalado", disse a titular da Sejusc.

 A abordagem e o resgate social são de responsabilidade da Semasc, mas, devido ao período de pandemia, outras secretarias ajudam em algumas abordagens. À Sejusc cabe garantir o cumprimento das políticas públicas voltadas a População em Situação de Rua (PSR).

Números

Para acionar a equipe de abordagem social da Prefeitura de Manaus, ligue para 0800 092 6644 (Disque Direitos Humanos), 0800 092 1407 (Disque Denúncia), ou para o Disque 100 (Direitos Humanos), do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MDH), que funciona 24 horas e analisa e encaminha denúncias de violações de direitos humanos.

Abrigos 

 O Governo do Amazonas coordena três abrigos direcionados às pessoas em situação de rua durante o período da pandemia: Arena Amadeu Teixeira, e nas bases provisórias, no Centro de Educação em Tempo Integral (Ceti) Áurea Braga, na Compensa, e no Centro de Convivência da Família Miranda Leão, no Alvorada.

 




Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.