Defensor ressalta papel da DPE-AM de garantir indenizações a famílias do Educandos

Por Portal do Holanda

29/05/2020 12h24 — em Amazonas

Pagamento aconteceu na sede da Suhab - Foto: Clóvis Miranda/DPE-AM

Manaus/AM – O defensor geral em exercício, Thiago Nobre Rosas, que na quinta-feira, dia 28, representou a Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) na entrega do 3º lote de pagamento às famílias que perderam suas moradias no incêndio do bairro Educandos, em dezembro de 2018, diz que o trabalho da DPE-AM garantiu “que o dinheiro público fosse gasto da maneira mais correta, mais justa.”

Durante o evento, o defensor geral em exercício, afirmou que o dia era de alegria, por se tratar de mais um passo no resultado do trabalho que começou em 2019, com a triagem das famílias, verificação de documentação e realização de mais de 400 audiências. O pagamento foi realizado na sede da Superintendência de Habitação do Amazonas (Suhab).

O defensor também parabenizou a todos os envolvidos no trabalho, equipes da Secretaria de Assistência Social (Seas), da Defesa Civil, da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), da Suhab e da Defensoria de Interesses Coletivos. “Nós fizemos o nosso melhor”. Thiago Rosas ressaltou que Seas, Sejusc e Suhab conseguiram manter um diálogo muito bom com a Defensoria e que mais resultados virão pela frente.

Thiago Rosas transmitiu ainda as parabenizações em nome do defensor geral Ricardo Paiva, em reconhecimento ao fato histórico que o pagamento das indenizações representa. “Isso é bom para o povo, para a sociedade, para demonstrar sensibilidade. E nós, órgãos públicos, temos que continuar trabalhando, para que sempre que aconteça um desastre dessa proporção, haja uma resposta”.

Neste 3º e último lote, são 138 famílias contempladas. Do total, 72 são contemplados com cheques-moradia no valor de R$ 35 mil, nove proprietários não-moradores recebem R$ 15 mil cada e 57 inquilinos/cedidos têm o auxílio-moradia no valor de R$ 6 mil. Com o pagamento deste 3º lote, que ocorre nesta quinta e sexta-feira, o Governo totaliza 427 famílias indenizadas e R$ 11,3 milhões de recursos estaduais. As informações são da Secretaria de Comunicação Social do Estado (Secom).