Compartilhe este texto

Visto Americano: Exemplo de Agilidade que o Turismo Precisa!


Por Orsine Jr.

22/02/2024 8h50 — em
Turismo, eu acredito!


Foto: Divulgação

A recente decisão do governo dos Estados Unidos em dispensar entrevistas presenciais para a renovação de certos tipos de vistos é uma mudança que merece nossa atenção. Essa medida, válida até o final de 2024, reflete não apenas a necessidade de reduzir filas e agilizar processos, mas também uma oportunidade para nós, enquanto comunidade turística local, repensarmos nossas próprias práticas e políticas.

Isso mostra que os Estados Unidos estão atentos às demandas dos turistas e estão dispostos a facilitar o acesso ao país, incentivando o fluxo de visitantes e reconhecendo a importância do turismo para a economia global.

Como empresário e entusiasta do setor, vejo essa notícia como uma oportunidade única de mostrar a necessidade em tornar nosso próprio sistema de visto mais acessível e eficiente, incentivando assim o turismo no país e, em especial, na nossa região. Ao observar a maneira como outras nações facilitam o acesso de visitantes, podemos refletir sobre como podemos melhorar nossos próprios procedimentos e infraestrutura turística.

Faz-se necessário entender que essa medida não é apenas sobre correr para solicitar um visto, mas sim sobre reconhecer a importância do turismo para nossa economia local e buscar maneiras de tornar a experiência daqueles que desejam conhecer nosso país mais agradável e descomplicada. É sobre encontrar inspiração em boas práticas internacionais e aplicá-las de forma adaptada e inteligente no nosso contexto.

Por isso, enquanto celebramos essa nova facilidade nos processos de visto, devemos também aproveitar a oportunidade para reavaliar e aprimorar nossas próprias políticas e práticas turísticas locais, tornando o Brasil e o Amazonas destinos ainda mais acolhedores e atrativos para viajantes de todo o mundo.

Por uma eficiente desburocratização nos processos de vistos do Brasil, Turismo, Eu Acredito!

Siga-nos no
Os artigos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados nesta coluna não refletem necessariamente o pensamento do Portal do Holanda, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

ASSUNTOS: Turismo, eu acredito!

+ Turismo, eu acredito!