Siga o Portal do Holanda

Policial

​Presa parte da quadrilha que matou sargento Camacho

Publicado

em

Manaus/AM - Revelado os nomes dos integrantes da quadrilha que matou durante um assalto o sargento da Polícia Militar do Amazonas Afonso Camacho Dias, 44, no dia 17 de julho. No total foram seis pessoas presas. São eles: Alex Sandro Santos de Castro, 26, técnico de refrigeração, Carlos Thiago Teixeira da Silva, 26, motorista, Fabrícia Alves da Costa, 26, conhecida como “Biti”, Luiz Paulo do Nascimento, 27, mototaxista, Marcelo Augusto Cabral de Freitas Santos, 18, conhecido como “Gordinho" e Sérgio Silva de Sales, 34, conhecido como “Soró”.

Fabrícia, Marcelo e Sérgio foram detidos na tarde do último dia 4 de agosto no momento em que tentavam praticar um roubo a um depósito de uma loja de eletrodoméstico e eletrônicos.

No dia seguinte o restante da quadrilha foi pega. Alex Sandro e Carlos Thiago foram detidos no Lírio do Vale. Já Luiz Paulo foi preso no loteamento Campos Sales, zona Oeste de Manaus.

Segundo o delegado titular da Delegacia Especializada em Roubos Furtos e Defraudações (Derfd), Adriano Félix, pelo menos oito pessoas estão diretamente envolvidas no assalto que resultou na morte do sargento. Os dois que atiraram e que aparecem no vídeo ainda não foram presos.

Segundo a investigação da Derfd, Fabrícia e Marcelo que planejaram o roubo. Eles observaram dias antes os saques que a vítima costumava fazer com o empresário. No dia do assalto foi usado um carro modelo Gol, de placas JXQ-1846. Além desse, foi utilizado também uma Montana vinho de placas JXY-9862, onde estavam Luiz Paulo e Thiago. Dando suporte à ação criminosa estava Marcelo estava em um Etios branco de placas NOS-3542. Todos os carros chegaram ao local do crime com horas de antecedência.

A quadrilha responderá pelo crime de latrocínio e organização criminosa.
Loja de eletrodomésticos

O segurança Anderson da Silva Brandão, 34, Éder Ramos Palheta, 28, e Maicon Pereira Xavier, 22, foram detidos em flagrante após tentar roubar o depósito de uma loja de eletrodomésticos e eletrônicos. O crime aconteceu na rua Almir Pedreiras, bairro Raiz, zona Sul de Manaus.

Os bandidos estavam na companhia de Fabrícia, Marcelo e Sérgio, os suspeitos do latrocínio do sargento Camacho. Com o grupo foram apreendidos uma pistola 380 e um revólver calibre 38.

O bando tinha plano de roubar um carregamento de celulares do depósito e para isso contavam com a ajuda do segurança do lugar. O mesmo Etios usado no latrocínio do sargento foi usado nessa tentativa de roubo.

Éder, Anderson e Maicon responderão pelo crime de roubo majorado.

+ Policial

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.