Denúncia anônima disse o paradeiro do suposto assassino do sargento Camacho

Por Portal do Holanda

27/07/2015 21h03 — em Policial

Manaus/AM - Uma denúncia anônima foi a causadora da prisão de Thiago Castro da Gama, 25, na tarde desta segunda-feira (27). Ele é apontado como principal suspeito do latrocínio que vitimou o sargento da Polícia Militar Anfonso Camacho Dias do dia 17 de julho em frente a uma agência bancária no Educandos. 

Os militares da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) receberam a informação que possivelmente encontrariam o homem que matou o sargento na rua José Paranaguá, no Centro. De fato ao chagar no local, os dois PMs acharam o rapaz na companhia de mais duas pessoas em um veículo Pálio, de cor amarela e placas OXM-6760 conforme o descrito pelo denunciante. Ao checar pelo nome do homem, constataram que ele tinha um mandado de prisão em aberto pelo crime de roubo. De acordo com a investigação da Polícia Civil, Thiago é um dos responsáveis por um assalto à balsa do “Boizão”, também em Educandos, onde “faturou" cerca de R$ 100 mil.

Por conta desse crime ele foi detido nesta tarde, mas se comprovada sua participação no homicídio do sargento, terá sua pena agravada por mais esse crime.

Thiago não estava sozinho no momento da prisão. Dentro do carro também estavam Paulo Roberto Buzaglo Pinto Júnior, 28, e Itatiana Silva de Oliveira, 27. Ela foi detida por suspeita de participação no assalto e ele por desacato aos militares que os abordaram.

No início da noite Thiago foi conduzido à sede da Delegacia Especializada em Roubos Furtos e Defraudações (Derfd), onde será interrogado pelo titular Adriano Félix.