Horas antes de morrer, Tatiane Spitzner teria contado para amigas que ia ficar solteira

Por Portal do Holanda

09/08/2018 10h18 — em Policial

Foto: Reprodução Instagram

A advogada Tatiane Spitzner, que morreu ao cair do 4º que onde morava em Curitiba pretendia se separar do marido, diz a promotora do caso, Dúnia Serpa. Segundo ela, no dia do crime  Tatiane teria comentado com as amigas que poria um fim no relacionamento: “Hoje vou ficar solteira”,  afirmou a promotora em entrevista ao site Uol.

De acordo com Serpa, horas antes do crime, Tatiane e Luís Felipe foram a uma festa e no evento ela teria feito a confidência. Amigas da advogada contam que sabiam do relacionamento abusivo e que várias vezes presenciaram o professor chamando a esposa de "bosta albina" em público.

Elas questionavam o por quê de Tatiane aguentar aquela situação, mas mulher alegava que estava se preparando para o divórcio e falava nesse assunto desde março deste ano, Felipe, porém, não aceitava o possível fim do relacionamento e ficava agressivo sempre que ela tocava no assunto.

A promotora disse ainda, que a vítima escondia as agressões da família e por vergonha, fingia que estava tudo bem e aparentava o relacionamento perfeito nas redes sociais:

“Muitos relatos de conhecidos diziam que ela se importava muito com a imagem que os outros tinham da vida dela. Nas redes sociais, eles tinham uma vida maravilhosa, então, ela queria aparentar uma relação bonita para ter aprovação social … Acho que Tatiane nunca imaginou que fosse morrer”.

Luís Felipe foi acusado pelo Ministério Público por vários crimes além de feminicídio, entre eles cárcere privado, fraude processual e homicídio qualificado por meio cruel, impossibilidade de defesa da vítima e motivo torpe.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Policial