Empresário é preso suspeito de estelionato do Amazonas

Por Portal do Holanda

18/03/2016 19h42 — em Policial

Novo Aripuanã|AM - Policiais civis que atuam na 73ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Novo Aripuanã, município distante 227 quilômetros em linha reta de Manaus, prenderamem Manicoré, na manhã desta sexta-feira, dia 18, por volta das 10h, o empresário José Carlos de Souza Fortes, 24, conhecido como “Fortes”, investigado por estelionato.

De acordo com o delegado titular da 73ª DIP, Alon Jeferson, o infrator, natural de Coari, é proprietário de uma concessionária de motocicletas em Manicoré e aplicava golpes em, pelo menos, quatro municípios do Estado. Os policiais civis estimam que cerca de 300 pessoas tenham sido vítimas de José Carlos. 

“Ele vendia consórcios de motocicletas novas e as vítimas eram atraídas pela facilidade oferecida. Porém, mesmo após quitarem as prestações, não recebiam as motocicletas. José Carlos já foi condenado por estelionato cometido em Manicoré e em Nova Olinda do Norte, mas não cumpriu pena. Ele fez vítimas em Borba, Nova Olinda do Norte, Novo Aripuanã e Manicoré’, explicou o delegado Alon Jeferson.

Conforme a autoridade policial, José Carlos foi preso em via pública, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido ontem, dia 17, pelo juiz Carlos Henrique Jardim, da Comarca de Novo Aripuanã. Em seguida, ele foi conduzido à 73ª DIP, onde prestou esclarecimentos e foi indiciado por estelionato. Vítimas foram até o local para fazer o reconhecimento do infrator. Ao término dos trâmites legais, ele foi levado para a Unidade Prisional de Manicoré, onde ficará preso, à disposição da Justiça.

Nota defesa do acusado

A defesa de Jose Carlos de Souza Fortes informa que diferente do veiculado na matéria, este não possui nenhuma condenação em qualquer processo. Informa ainda que buscou um acordo junto aos seus devedores do Município de Manicoré, realizou uma reunião, no mês de fevereiro, no auditório da Câmara Municipal para negociar com os seus devedores E ficou acordado o prazo de 60 dias para que ele pudesse apresentar um plano de parcelamento das dividas com os seus credores, dentro das suas possibilidades. Quanto a loja de Novo Aripuanã, que originou a sua prisão, o senhor José Fortes não é mais o proprietário desta, tendo-a vendido, no mês de dezembro/2015, formalizando o contrato de venda na primeira semana de fevereiro.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Policial