Siga o Portal do Holanda

Com dinheiro emprestado de facção

Bando fatura R$ 6 milhões com golpe de vendas de carros em Manaus

Publicado

em

Foto: Altermir Coelho

Manaus/AM - Isaac Correa Barbosa, 32, Mauro Charlisson Nascimento Felipe, 18, e Ruan Silva Vital, 18, foram presos suspeitos de integrarem uma organização criminosa que alugava carros de locadoras para revendê-los através de uma empresa de fachada. O golpe arrecadou mais de R$ 6 milhões.

O mentor do esquema identificado como Francisco Silva Filho e o braço direito dele, Gabriel Ferreira Souza Marques seguem foragidos. Cícero Túlio, delegado da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv) afirma que dos 130 veículos furtados pelo grupo e renegociados, 73 foram recuperados. De apenas uma locadora foram furtados 97 carros. O delegado explica ainda como funcionava o esquema:

“Eles criaram empresas de fachada e emprestaram cerca de R$ 100 mil de uma facção criminosa para dar de caução junto a locadora. Depois eles revendiam os veículos para pessoas de boa fé, que pagavam R$ 15 mil, R$ 20 mil por cada um deles”, afirma Cícero.

A venda dos veículos eram feitas principalmente por meio do site de vendas OLX. Os criminosos preparavam tudo detalhadamente para que as vítimas não desconfiassem. Até um falso financiamento e contratos eram feitos para elas confiassem cegamente.

A polícia informa que as empresas que operavam por meio desse esquema já foram fechadas depois que o crime foi descoberto. No site da Polícia Civil será disponibilizada a lista completa com os nome delas para que as vítimas possam reconhecer e procurar a delegacia caso tenham comprado os automóveis furtados.

O veículo deve ser entregue voluntariamente, caso contrário, o comprador pode responder por receptação. Cícero acredita que muitas pessoas foram vítimas do grupo e negociaram diretamente com Francisco. Em caso de dúvidas, elas podem consultar as placas que já estão com restrição de estelionato no sistema da polícia.

O delegado explica que o esquema foi descoberto, após alguns veículos serem adquiridos por criminosos e usados para cometer crimes em Manaus. A partir do rastreamento, a PC montou uma operação intitulada “Quimera” para investigar o caso e descobriu que na verdade essa era apenas a ponta do iceberg.

Após 30 dias de investigação, o esquema foi desmantelado e três dos criminosos foram presos nos bairros Redenção e Santo Antônio. A polícia agora pede ajuda para recuperar os demais veículos e prender Francisco, chefe da organização e do comparsa dele, Gabriel.

Isaac, Mauro e Ruan foram indiciados por organização criminosa e estelionato e devem ser encaminhados ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).

Sobre a mulher que se jogou da ponte Rio Negro

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.