Bastidores da Política - Os protestos em Manaus e os erros do governador do Amazonas


Os protestos em Manaus e os erros do governador do Amazonas

Por RAIMUNDO DE HOLANDA

26/12/2020 21h29 — em Bastidores da Política

  • O problema de Wilson Lima é que ele produz caos e escuridão até mesmo quando tem a intenção de estabelecer luz e proteger as pessoas

O governador Wilson Lima deve estar se perguntando onde falhou, se o decreto assinado na ultima sexta-feira, fechando a partir deste sábado atividades não essenciais”,  tinha a intenção de conter a pandemia, assegurar o isolamento social e evitar o estrangulamento da rede pública de Saúde.

Errou na  forma de se comunicar com a sociedade; errou ao não  oferecer contrapartidas a comerciários e ambulantes - os mais prejudicados. Errou ainda ao não revelar que por trás da medida extrema  havia a recomendação de infectologistas que apontavam o crescimento do número de casos da doença e  da ineficácia do tratamento, até então aplicado com  êxito em pacientes internados com Covid; que as mortes aumentaram e que havia forte suspeita de uma variante muito mais agressiva do vírus circulando em Manaus.

Não era o bastante para evitar o caos instalado durante a tarde, com protestos em várias partes da cidade e com concentrações que são o maior meio de transmissão do vírus? Possivelmente não, mas muitos compreenderiam que havia uma medida de governo, destinada a proteger os cidadãos.

O problema de Wilson é que ele produz caos e escuridão até mesmo quando tem a intenção de estabelecer luz e proteger as pessoas.

O problema de Wilson é o despreparo - dele e da equipe de governo. Ou somente da equipe, porque é a equipe que faz um governante ter sucesso, ser produtivo e popular.