Bastidores da Política - Ele é um cara diferente dos outros caras e até de alguns de nós. E você o conhece


Ele é um cara diferente dos outros caras e até de alguns de nós. E você o conhece

Por RAIMUNDO DE HOLANDA

14/11/2021 20h20 — em Bastidores da Política

Um olhar no espelho e o rosto que não conhecemos mais.  Nos perfis que criamos somos o outro, o que ficou no passado e ressuscitamos  em meio a filtros no presente. As marcas do tempo desaparecem até nos defrontarmos com a realidade, com alguém inoportuno que chega e diz: "você é tão diferente!"

Se a tecnologia nos renova aparentemente, ela não resgata a juventude perdida, nem engana o espelho.

Não dá para parar o tempo, mas dá para  parar de tentar perpetuar  uma beleza e uma juventude que não temos mais.

Somos, nesse aspecto, parecidos com os políticos que criticamos por fingirem ser o que não são. Por estarem sempre à margem do abismo para o qual nos empurram, por venderem ilusões que compramos ingenuamente.  Há exceções, é verdade, e vamos falar especialmente de uma.

Essa ideia de que o envelhecimento é feio é terrível, porque  menospreza a sabedoria, o conhecimento, o mundo  que conhecemos com suas asperezas e suas virtudes, e que só existe porque pessoas sábias, que envelheceram ajudariam a mantê-lo, ajudaram a fazer a história do nosso tempo.

Hoje, por reconhecer que o homem que todos conhecem faz 82 anos e se envaidece da idade, que compartilhou ideias, ajudou a edificar sonhos, planejou  o Estado para os próximos anos, está entre nós; o homem que envelheceu acompanhando o mundo se transformar, é  lembrado pelo que produziu, pelo que criou e pelo que pode ainda oferecer para transformar a vida das pessoas e do Estado, enviamos um forte  abraço a Amazonino Mendes.

Para nós não importa o que digam dele - e podem dizer tudo, menos apagar suas realizações, o legado de seus governos. 

Raimundo de Holanda é jornalista de Manaus. Passou pelo "O Jornal", "Jornal do Commercio", "A Notícia", "O Estado do Amazonas" e outros veículos de comunicação do Amazonas. Foi correspondente substituto do "Jornal do Brasil" em meados dos anos 80. Tem formação superior em Gestão Pública. Atualmente escreve a coluna Bastidores no Portal que leva seu nome.