Zonas Oeste e Leste ganham creches da prefeitura

Por

15/07/2014 8h55 — em Amazonas

O prefeito de Manaus, Artur Virgílio Neto, inaugurou, nesta segunda-feira, 14, duas novas creches municipais: a Ana Lopes Pereira, na Compensa, zona Oeste, e a Neide Tomaz Avelino, na Comunidade Cidade Alta, no Jorge Teixeira, zona Leste. Cada unidade vai atender a 120 crianças, de um a três anos.

As unidades possuem oito salas de aula, além de laboratório de informática, brinquedoteca, berçário, minianfiteatro, entre outros ambientes. Ao todo, 30 profissionais vão atuar nas creches, entre professores, psicólogos e enfermeiros - tudo para proporcionar educação, conforto e qualidade de vida às crianças.

Com essas duas novas unidades, sobe para seis o número de creches entregues pela prefeitura em um ano e sete meses de gestão. Somadas as outras quatro que funcionam conveniadas por meio de auxílio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e a outra entregue na gestão anterior, Manaus já conta com 11 unidades.

Segundo o prefeito, a meta é construir mais 42 novas creches até o final do ano. Destas, oito já estão em construção, outras 14 estão em processo de licitação e 20 estão incluídas na ata de adesão no governo federal para iniciar as obras. "Nós estamos com a distribuição de creches bem organizadas. Meu compromisso é entregar até o final da gestão 110 novas creches. Quando eu comecei, Manaus tinha apenas uma", disse o prefeito.

O secretário municipal de Educação, Humberto Michiles, comentou sobre a importância da inauguração destas duas creches em Manaus. "Estamos em dupla alegria. Podemos dizer que as creches que estão sendo inauguradas não ficam atrás de nenhuma outra creche, seja pública ou particular no Brasil. São creches para respeitar nossas crianças. Os pais vão deixar as crianças não só para irem trabalhar, mas para que seus filhos sejam educados e cuidados, com toda assistência pedagógica, psicológica e de saúde. Os pais estão deixando os filhos com uma equipe de profissionais extremamente dedicada e competente".

A professora Leina Michele, 37, disse que agora vai poder trabalhar mais tranquila. Isso porque o filho dela de dois anos é uma das 120 crianças que vai iniciar o ciclo educacional na Creche Ana Lopes Pereira, na Compensa. " Essa creche é o que todos nós estávamos esperando. Tenho certeza que aqui meu filho vai ser bem tratado e receber uma educação de qualidade que é o que todos pais desejam", comentou.

Fotos: Tácio Melo