Siga o Portal do Holanda

Interditada

Reparos são iniciados na passagem subterrânea de complexo viário em Manaus

Publicado

em

Foto: Ione Moreno/Semcom Foto: Ione Moreno/Semcom
Foto: Ione Moreno/Semcom

Manaus/AM - A interdição da passagem subterrânea do complexo viário Ministro Roberto Campos, no acesso João Valério/São Jorge, para realização de reparo emergencial no limitador de altura da estrutura, foi iniciado na noite da última terça-feira (4). O começo da interdição foi acompanhado por 15 agentes do Instituto de Mobilidade Urbana (IMMU), que seguiram orientando os condutores no local.

Durante o fechamento do acesso inferior do Complexo Viário Roberto Campos, sentido avenida João Valério/São Jorge, os condutores que seguem pela João Valério, poderão acessar as duas alças laterais em direção à avenida Constantino Nery e fazer o retorno na alça inferior do parque dos Bilhares. Assim, retornam para a Constantino Nery e, mais adiante, acessam à direita em direção ao bairro São Jorge.

“Estamos com os nossos agentes para orientar os condutores e impedir que outros veículos adentrem o espaço, podendo atingir a tubulação de gás. Vamos permanecer o tempo que for necessário, para que os condutores trafeguem com segurança nesta área. Enquanto durar o serviço de reparo, estaremos aqui”, salientou o chefe da divisão centro-sul do IMMU, Hudson Wadick.

Na última sexta-feira, 31, de forma irresponsável, um caminhão da empresa Bertolini derrubou a barra de ferro, que delimita a altura máxima para acesso ao complexo viário. Mesmo identificando que o veículo ultrapassava a altura permitida, o condutor forçou a entrada, quebrando o limitador e seguindo viagem pela alça de acesso à Constantino Nery. A empresa já está sendo acionada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) para responder pelo dano ao patrimônio público.

Ainda na noite do incidente, a Seminf colocou uma faixa e cabos de limitação temporária no local, para sinalizar os condutores quanto à altura máxima permitida, até que a correção em estrutura de ferro pudesse ser executada. Na manhã desta terça-feira, outro caminhão, ainda não identificado, avançou pela limitação temporária, arrancando os cabos.

Os serviços serão realizados pela J Nasser, uma das empresas do consórcio responsável pela obra do complexo viário Ministro Roberto Campos, que também já começou a instalação do canteiro de obra ao deslocamento de material, para dar início aos serviços. A estimativa é de que a instalação do novo limitador seja concluída em dez dias.

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.