Governo dá detalhes de funcionamento do Hospital de campanha da Nilton Lins

Por Portal do Holanda

08/01/2021 23h44 — em Amazonas

Foto: Rodrigo Santos / SES-AM

Manaus/AM - O Hospital de campanha Nilton Lins, que teve sua reabertura anunciada na noite desta sexta-feira (8), deve abrir 103 leitos exclusivos para pacientes com Covid-19. O Governo do estado afirmou que irá assumir a gestão do hospital, requisitando tanto os espaços físicos, como toda a estrutura de equipamentos e mobiliários da unidade hospitalar, que de abril a julho de 2020 serviu de base para o hospital de Combate à Covid no Amazonas.

O secretário de Estado de Saúde, Marcellus Campêlo, informou que é possível colocar em operação no hospital 81 leitos clínicos e até 22 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 

A equipe técnica da Secretaria de Saúde do Amazonas (SES-AM), profissionais da Força Nacional do SUS e consultores do hospital Sírio Libanês já trabalham no Hospital Nilton Lins, e a área técnica do Estado passou a atuar no local, desenhando o fluxo de atendimento e o levantamento dos serviços necessários para operar o hospital.

Funcionamento 

O fluxo de atendimento na unidade será semelhante ao adotado em 2020. Pacientes que derem entrada na rede de urgência e emergência da SES-AM e precisarem de internação serão regulados, via Sistema Nacional de Regulação, para os leitos disponíveis no hospital. 

Chamamento e Pregão Eletrônico

Neste sábado (09/01), a SES-AM publica um chamamento público para empresas interessadas em prestarem serviço para o Estado no Hospital Nilton Lins. O pregão presencial será realizado após 24 horas da publicação dos editais.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas