Homenageado com fogos, 'Roleta' planejava explodir presídio antes de morrer em troca de tiros com policiais

Por Portal do Holanda

27/05/2020 21h56 — em Policial

Foto: Divulgação

Manaus/AM - Enilton Cordovil Coelho, 36, vulgo 'Roleta', morreu na última quinta-feira (21), durante um confronto com policiais do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), em Sergipe. 

Roleta recebeu uma homenagem com fogos, que puderam ser visto em toda a Manaus. Apesar das homenagens e do carinho demonstrado a ele nas redes sociais, o número 1 do Comando Vermelho em Manaus era foragido no Amazonas e no Ceará, tinha ficha extensa e planos macabros para os "negócios". 

De acordo com o diretor do DRCO Rafael Allemand, no dia em que o traficante morreu, foram presas oito pessoas e armas, carros e 150 quilos de drogas foram apreendidos. Roleta era conhecido por ameaçar policiais militares que atuavam na Compensa, em Manaus. Além de organizar os ataques às facções rivais, ele arquitetava fugas em presídios e planejava inclusive explodir um presídio para fuga de aliados.