Siga o Portal do Holanda

Policial

Com olho roxo, pai de bebê atirado no Rio Negro se apresenta à polícia

Publicado

em

Manaus/AM - Josias de Oliveira Alves, pai da criança de apenas quatro meses que foi atirada no Rio Negro, se apresentou na tarde desta sexta-feira, 21, à Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), em Manaus.

O canoeiro, que está com mandado de prisão temporária em aberto desde o início da semana, apareceu com o olho roxo, alegando que levou um soco da mãe da criança durante a briga que os dois tiveram na embarcação. Ele afirmou ainda que não havia se apresentado à polícia até então porque não se sentia seguro com possíveis linchamentos da população.
Em sua versão, Josias afirma que encontrou Cleudes Maria Batista de Moraes em uma embarcação no rio Negro, próximo do porto do São Raimundo, na sexta-feira, 14. Ele diz que a ex-companheira teria o ameaçado de morte com uma faca, e em seguida o agredido.  “Ela jogou a criança a primeira vez e eu consegui segurá-lo. Ela tomou ele dos meus braços usando a faca, segurou junto ao peito dizendo ‘eu te amo meu filho’. Em seguida, ela beijou a cabecinha dele e jogou o no rio”, disse.

Na quinta-feira, 20, Cleudes prestou depoimento na DEHS repetindo a sua versão do caso, acusando Josias de ter jogado o bebê no rio, após uma discussão. Ela afirma ainda que o pai da criança chegou a lhe agredir e tentar lhe jogar nas águas, mas conseguiu fugir nadando do meio do rio até a margem. 

+ Policial

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.