Siga o Portal do Holanda

Policial

​Pai de bebê jogado em rio não está morto e se entregará a qualquer momento

Publicado

em

Manaus/AM - Josias de Oliveira Alves, 29, o pai que teria jogado o próprio filho dentro das águas do rio Negro, resolveu dar as caras e pode se entregar a qualquer momento às autoridades. Aliás, a cara do homem foi o que mais chamou atenção ao surgir com o olho roxo, proveniente (segundo ele) da briga que ele teve com a ex-companheira, Cleudes Maria Batista de Moraes, 22, no dia em que a criança desapareceu no rio.

O homem apareceu com uma outra versão para a história. Cheio de advogados, o suspeito alega que a própria mãe da criança a teria lançado no rio.
O canoeiro disse que só não se apresentou à polícia ainda porque não se sente seguro, principalmente com relação à revolta da população com o caso.

Josias está com o mandado de prisão temporária em aberto desde o início da semana.

No dia do sumiço da criança, ele confirma ter se encontrado com Cleudes em uma embarcação, porém ele disse que a companheira estava munida de uma arma branca e teria tentado contra sua vida.

Ainda de acordo com Josias, a mulher teria tomado a criança dos braços do pai e a lançado no rio. Ele informou que ela havia tentado uma primeira vez, porém o homem teria conseguido segurá-la. O caso segue sob investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

+ Policial

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.