Marcelo nega acusação

Por

24/02/2012 10h13 — em Amazonas

O depurado estadual Marcelo Ramos  disse por telefone ao Portal do Holanda  que não foi ele quem levou   “Mendes” para trabalhar na extinta Empresa de Transporte Urbanos. “Quando assumi  ele já estava lá”, afirmou.


De acordo com Marcelo, nunca nos nove meses que esteve à frente do órgão  recebeu nenhuma denúncia formal contra “Mendes” e a única vez que a Suely Gonçalves o procuroy, não foi para denunciar Mendes, mas para pedir a ele que arrumasse uma maneira para colocar sua cooperativa para atuar no  transporte urbano.

“Eu disse a ela que enquanto não fizesse uma licitação ninguém entraria ou sairia”, acrescentou o deputado, afirmando que com relação a eleição a maior parte dos cooperados trabalharam para o Amazonino Mendes e outros o apoiaram. “Essa senhora tem um problema comigo por ter deixado ela ingressar no sistema”, concluiu.
 

NULL