Siga o Portal do Holanda

Amazonas

PF e Exército podem ser acionados para proteger base da Funai atacada pela 8º vez no Amazonas

Publicado

em

Manaus/AM - Após a base da Fundação Nacional do índio (Funai), localizada no Rio Javari, no Amazonas, sofrer o oitavo ataque de caçadores só este ano, a Justiça Federal no Estados determinou nesta quinta-feira (7) que o Governo use de todas as forças disponíveis para garantir a proteção dos funcionários do órgão, bem como o pleno funcionamento dos trabalhos por pelo menos seis meses.

Para isso, o Governo pode destacar equipes da Polícia Federal Militar e até o Exército para aturem no local. A decisão diz respeito não só a base de vigilância do Ituí, atacada a tiros duas vezes só na semana passada, mas também a demais bases que atuam na proteção de tribos indígenas que escolheram viver em território isolado.

A região do Vale do Javari que compreende o oeste do estado do Amazonas, é uma das mais importantes do país e também alvo preferencial de caçadores e estrangeiros  que querem explorar a área proibida. Muitos funcionários da Funai que atuam nessas áreas de confronto temem que as bases sejam fechadas por conta da situação de perigo.

Com o reforço policial eles esperam que a situação se resolva e que os trabalhos prossigam.

Bolsonaro e Guedes preparam novo golpe contra o Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Leia a Bula - Entrevista com o prof. DANIEL HOFFMANN / Saúde dos Pets


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.