Siga o Portal do Holanda

Mosquito

No Amazonas, FVS desloca técnicos para prevenir surto de dengue no interior

Publicado

em

A equipe técnica da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) presente desde segunda-feira (14/10) em Tabatinga, distante 1.110 km de Manaus, divulgou na quinta-feira (17/10) relatório parcial do andamento das ações executadas na cidade para o controle do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikugunya. A cidade de Letícia, na Colômbia, que faz fronteira com Tabatinga, está com um surto para a doença, com 600 casos de dengue confirmados.

Autoridades brasileiras se juntam às de Letícia para prevenir ataque de mosquito e incidência de dengue

De acordo com a diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto, a equipe deslocada pela FVS composta por especialistas em vigilância ambiental, epidemiológica e laboratorial instalou um Comitê de Crise em Tabatinga, com a participação de especialistas de Letícia, representantes das Forças Armadas e da Secretaria Municipal de Saúde de Tabatinga.

“Foi definida a articulação com a Colômbia para definição de estratégias conjuntas de vigilância epidemiológica e diagnóstico precoce de casos suspeitos de dengue”, disse Rosemary. Ela acrescentou que as ações coordenadas de controle vetorial contra o Aedes aegypti na área de fronteira entre as duas cidades estão concentradas em dois bairros: Santa Rosa e São Francisco. “Não há novas notificações na cidade amazonense, que permanece até o momento com 34 casos notificados suspeitos de dengue, sendo 12 confirmados pelo Laboratório de Fronteira (Lafron-FVS), o que representa 35,29% do total de casos notificados”.

 

 

Esforço coletivo

De Tabatinga, a gerente de Doenças Transmitidas por Vetores- Dengue da FVS, Luzia Mustafa, informou que há um esforço coletivo entre os profissionais e a população local para combater o mosquito. “Além das ações de controle vetorial voltadas para eliminação de criadouros, há também uma intensa mobilização social com enfoque em educação em saúde, para estimular a prática de verificação semanal voltada para eliminação de depósito de água, tanto no ambiente doméstico quanto no trabalho”.

Luzia informou ainda que o Lacen-FVS, em parceria com a Fundação Osvaldo Cruz da Amazônia (Fiocruz), realiza um estudo molecular para a identificação do tipo de vírus da dengue que está circulando em Tabatinga, bem como o rastreamento de possível circulação simultânea dos vírus de zika e chikugunya.

Fotos: Divulgação/FVS-AM

Saiba por que você deve ser contra a prisão em segunda instância

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.