Siga o Portal do Holanda

serviços não essenciais

Comerciantes que descumprirem isolamento terão alvará cassado em Manaus, diz prefeito

Publicado

em

Foto: Reprodução / Redes sociais Foto: Reprodução / Redes sociais
Foto: Reprodução / Redes sociais

Fidelidade e filhos durante o confinamento


Manaus/AM - O prefeito de Manaus, Arthur Neto, anunciou na tarde deste domingo (5),  que irá decretar a cassação do Alvará de Funcionamento de comerciantes que não pertencem ao grupo de serviços essenciais e que desrespeitarem as determinações de isolamento social durante a pandemia de Covid-19. A prefeitura também irá suspender temporariamente a venda do passe estudantil e a gratuidade para idosos.

“Tomamos a decisão de cassar alvarás provisoriamente, enquanto durar essa crise, de comerciantes que estão insistindo em aglomerar pessoas e não compreendendo o mal que estão fazendo para sua própria saúde, para seus fregueses e para a cidade. O decreto sai amanhã e nesse momento a nossa prioridade é cuidar da saúde”, explicou o prefeito, em vídeo divulgado em suas redes sociais.




Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.