Cmei da Prefeitura de Manaus, Hermann Gmeiner é destaque no Escolas2030

Por Portal do Holanda

13/09/2019 13h15 — em Amazonas

O trabalho realizado pelo Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Hermann Gmeiner foi mais uma vez reconhecido. Desta vez, o Cmei da Prefeitura de Manaus foi selecionado como uma das mil unidades de ensino que participarão do programa Escolas2030. Foram selecionadas escolas de 10 países com o objetivo de realizar pesquisa-ação sobre soluções construídas em instituições de educação de desenvolvimento. 

"Essa é mais uma das muitas provas do avanço na qualidade do ensino nas nossas escolas. Essa notícia nos orgulha e nos mostra o quanto nossos alunos, professores e escolas, de um modo geral, têm vocação para serem destaque global e não apenas local e nacional. O investimento em educação tem sido uma marca da nossa gestão e assim vai ser até o último dia do nosso governo", disse o prefeito Arthur Virgílio Neto. 

O programa Escolas2030 é uma parceria entre diversas instituições internacionais e atuará em 10 países, de 2020 a 2030, para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) 4, que é assegurar a educação inclusiva, equitativa e de qualidade, além de promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida de todos. E o 8, que visa promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, o emprego pleno e produtivo e o trabalho decente para todos.

Reconhecimento do Ashoka

Localizado no bairro Alvorada, na zona Oeste de Manaus, o Cmei, que atende 448 alunos de 3 a 5 anos, já havia sido reconhecido em 2018 como uma Escola Transformadora pelo Instituto Ashoka, a primeira unidade de ensino infantil a receber o reconhecimento. 

“Em 2015, a escola recebeu uma proposta de educação integral. Um projeto em que crianças, adolescentes e jovens são vistos como cidadãos de direitos em todas as suas dimensões. Isso mudou totalmente a visão dos professores e pais que passaram a valorizar muitas coisas que não valorizavam antes. Passaram a aproveitar o ambiente da escola porque saímos do sistema de apostilamento, das paredes”, disse Zilena Maia, gestora da escola. 

Foto: Eliton Santos/Semed


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas