Siga o Portal do Holanda

Meio Ambiente

Incentivo aos catadores segue política de resíduos sólidos

Publicado

em

As ações de suporte e incentivo aos catadores de Manaus seguem as diretrizes da Lei 12.305/10, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) no Brasil.

O secretário municipal de Limpeza Urbana, Paulo Farias, lembrou que fortalecer os catadores é essencial para melhorar a coleta seletiva na cidade, já que a cadeia produtiva da reciclagem depende muito da atuação desses trabalhadores. “Essa união entre trabalhadores, prefeitura e a indústria é o primeiro passo para o desenvolvimento da responsabilidade do pós-consumo, previsto na PNRS. As partes empresarial e pública estão fazendo a sua parte, mas sabemos que o grande trabalho recairá sobre os catadores. Capacitar esses catadores é um marco na nossa história”, ressaltou.

O programa contempla o fornecimento de máquinas e equipamentos como esteiras e mesas de triagem, prensas, big bags (grandes sacolas usadas para coletar os produtos), balanças, elevadores de fardos, trituradores de vidro, fragmentadores de papéis, fragmentadores de PETs, carrinhos, computadores, equipamentos de proteção individuais, entre outros itens. 

Com a parceria, as cooperativas e associações de catadores devem receber ainda assessoria técnica, apoio de gestão, apoio logístico e de mercado e suporte na criação de redes de novas cooperativas e associações em Manaus.  

Participaram também da assinatura do termo João Carlos Basílio, presidente da ABIHPEC; Rose Hernandes, diretora de Meio Ambiente da ABIHPEC; Cláudio Zanão, presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães e Bolos Industrializados (Abimapi) e Lívia Reis, representante da Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Limpeza (Abipla). 
Galpões

Na última semana, a Prefeitura de Manaus, por meio da Semulsp, entregou o sétimo galpão para uso das cooperativas e associações de catadores em Manaus e são esses locais que serão equipados por meio do programa ‘Dê a Mão para o Futuro’. Com este, já são mais de 160 catadores de oito associações/cooperativas beneficiados pela prefeitura com novos galpões. 

Atualmente, existem cerca de 260 catadores cadastrados pela Prefeitura, divididos entre associações, cooperativas e núcleos, recebendo suporte da Semulsp.  

Sobre o 'Dê a Mão para o Futuro: Reciclagem, Trabalho e Renda'  

Inicialmente, o programa “Dê a Mão para o Futuro: Reciclagem, Trabalho e Renda” vai contar com a participação da Associação Central de Catadores de Materiais Recicláveis (Recicla Manaus); Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis do Amazonas (Coopcamare); Eco Cooperativa de Industrialização de Materiais Recicláveis do Amazonas e rede de Catadores e Reciclagem Solidária (Eco-Recicla do Amazonas). 

O programa é uma iniciativa da ABIHPEC, em parceria com a Abipla e Abimapi, como uma alternativa viável para suas associadas no gerenciamento de resíduos sólidos pós-consumo. 

+ Meio Ambiente

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.