Compartilhe este texto

Representantes de oito países reinstalam Parlamento Amazônico

Por Portal do Holanda

21/12/2020 13h50 — em
Meio Ambiente


Senador Nelsinho Trad (PSD-MS) foi eleito por unanimidade para presidir o Parlamaz. Foto: Edilson Rodrigues/Agência Brasil

Criado em abril de 1989 e desativado em 2011, o Parlamento Amazônico (Parlamaz) foi reinstalado nesta segunda-feira (21). O grupo reúne representantes de Brasil, Bolívia, Colômbia, Peru, Venezuela, Guiana, Suriname e Equador e tem o objetivo de estabelecer políticas integradas, estreitando as relações sobre as questões amazônicas e promovendo a cooperação e o desenvolvimento sustentável da região.

O presidente da Comissão de Relações Exteriores (CRE), senador Nelsinho Trad (PSD-MS), foi eleito por unanimidade para presidir o Parlamaz. Ele pediu que os membros indiquem candidatos para a vice-presidência até o dia 21 de janeiro, bem como os apontamentos para o plano de trabalho do colegiado. 

De acordo com a Agência Senado, a ideia de reativar a Comissão voltou em 2019, após uma reunião dos países-membros na Embaixada do Equador. Segundo Nelsinho Trad, depois daquele encontro foram realizados debates decisivos para a continuidade do projeto.

O senador apontou o papel do Parlamaz de fortalecer a representação democrática, com respeito à região e aos seus habitantes, e ressaltou a felicidade pela reativação do grupo. Ele disse que nenhum representante dos países-membros aceitará delegar a titularidade sobre as políticas a serem adotadas na região. 

"A reinstalação do Parlamaz significa um passo importante, e os resultados poderão impactar de modo decisivo e firme o nosso futuro. Pedimos a Deus que continue nos dando saúde para enfrentarmos as dificuldades que teremos pela frente", afirmou.

O Parlamaz é constituído por parlamentares do Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela.

 



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Meio Ambiente

+ Meio Ambiente