Siga o Portal do Holanda

Policial

Grávida escreve nome do suspeito com o próprio sangue antes de morrer

Publicado

em

Foto: Reprodução Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Uma mulher grávida identificada por Luciane Maria de Souza, 38, que foi morta na noite da última segunda-feira (20), em Anápolis, Goiás, conseguiu escrever o nome do suspeito com o próprio sangue antes de morrer. O caso aconteceu no Jardim Alexandrina. A vítima estava grávida de sete meses. 

Segundo o UOL, a Polícia Militar informou que a vítima foi atingida no facadas no pescoço, quando estava dentro de casa. Ela conseguiu andar por cerca de 40 metros até uma lanchonete. No local, ela escreveu o nome do suspeito em uma das mesas do estabelecimento.

O resgate chegou a ser chamado, mas a vítima não resistiu e morreu no local. O bebê também morreu.

O suspeito, que tem 31 anos, foi preso. De acordo com a PM, o homem estava com marcas de arranhões no pescoço e tinha vestígios de sangue na perna e pés. 

 

Bolsonaro passou dos limites

Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.