Chefão da Globo revela choque com exigências de Camila Queiroz e conta quais foram

Por Portal do Holanda

26/11/2021 21h12 — em Famosos & TV

Foto: Reprodução/TV Globo

A novela da saída de Camila Queiroz da TV Globo está longe de acabar. Agora, o diretor-geral da Globo, Ricardo Waddington, resolveu colocar a 'boca no trombone' e expor algumas das exigências que, segundo a emissora, a atriz teria feito para permanecer em "Verdades Secretas 3". 

Segundo Waddington, a atriz teria exigido aprovar campanhas publicitárias do lançamento da eventual terceira temporada da novela.  O diretor-geral se mostrou chocado com o pedido, afirmando que nunca viu isso partindo de um ator em toda a sua carreira. 

"Nem eu tenho como garantir nada [sobre aprovar as campanhas] para ela. A campanha obedece a uma lógica de marketing, e temos especialistas que estabelecem essa lógica. Eu tenho 39 anos de Globo, 39 anos que eu trabalho com elencos, e nunca havia visto nada parecido", disse ele à Folha de S. Paulo.

"Ela queria alterar o desfecho da Angel. O Tony Ramos não pode fazer isso, a Fernanda Montenegro não pode fazer isso", continuou.   

"O que motivou sua saída foram as exigências que ela fez para cumprir uma extensão de apenas sete diárias. Todo o resto do elenco concordou em fazer. Não teve uma única pessoa que dissesse não", afirmou. 

Atualmente, a novela está na segunda temporada e Camila foi demitida mesmo sendo protagonista, no momento em que as gravações não haviam terminado. 

Waddington alfinetou Camila ao defender que a novela deva seguir mesmo sem a sua personagem principal. "'O show não pode parar' não é uma figura de linguagem. É a lei do que nós fazemos. O cara vai lá com febre, doente, a mãe morreu, mas ele sobe no palco e entrega o que tem que entregar".  

Segundo Camila Queiroz afirmou em declarações após a sua demissão, o motivo que irritou a Globo seria o fato dela ter assinado com a Netflix. Segundo a atriz, ela recusou permanecer em contrato fixo com a TV Globo no final do ano passado, e só depois assinou o contrato com o serviço de streaming.

O problema que causou a demissão da atriz da Globo é atribuído ao empresário de Camila, Ricardo Garcia, que segundo o Notícias da TV, não é querido nos bastidores. 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Famosos & TV