Siga o Portal do Holanda

veja vídeo do momento

Bolsonaro pode sofrer impeachment por xingar sexualmente repórter da Folha

Publicado

em

Foto: Reprodução Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Segundo o jurista Miguel Reale Jr, o presidente Jari Bolsonaro cometeu um crime de responsabilidade ao ofender sexualmente a repórter Patrícia Campos Mello, profissional da Folha de São Paulo.

De acordo com a Veja, o jurista afirma que a forma como Bolsonaro se referiu à repórter fere o decoro presidencial e permite a abertura de um processo de impeachment contra ele: “Desrespeitou a jornalista, mulher e ser humano. É algo que ofende mais profundamente a dignidade humana. Sem dúvida, se enquadra como crime de responsabilidade”. Ainda segundo ele, não é a primeira vez que Bolsonaro se comporta em desacordo com o exercício da Presidência, “mas, agora, ele rompeu com todos os limites. Foi asquerosa a menção chula que ele fez ao dizer que a jornalista quis dar o furo.”, completou.

O jurista foi um dos responsáveis pelos pedidos de impeachment contra Fernando Collor e Dilma Rousseff.

A jornalista Patrícia foi a autora da reportagem publicada em dezembro de 2018, que denunciava a ação de uma rede de empresa em um esquema fraudulento de disparo de mensagens por WhatsApp em favor de políticos. Na semana passada, na CPMI das Fake News, Bolsonaro usou uma informação falsa um dos funcionários da Yacows, uma das empresas citadas na reportagem de Patrícia, que disse que ela procurava “um determinado tipo de matéria a troco de sexo”, mas não apresentou provas para comprovar a informação. Na CPMI, Bolsonaro disse “queria dar o furo a qualquer preço contra mim”, referindo-se a jornalista. Veja o vídeo:

Veja Também


Últimas notícias

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.