Sinetram diz que vai aumentar frota de ônibus em Manaus, mas vê risco de contaminação

Por Portal do Holanda

02/06/2020 14h48 — em Amazonas

Foto: Alex Pazuello / Semcom

Manaus/AM - Após a população de Manaus reclamar da falta de ônibus, principalmente na última segunda-feira (1), com a retomada do comércio e serviços não essenciais, o Sindicatos das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas (Sinetram) informou que vai aumentar a frota. Porém, a categoria avalia risco de contaminação da Covid-19 com lotação dos veículos, mesmo com os decretos que estabeleceram medidas sanitárias. 

Para o Sinetram será difícil controlar a lotação nos ônibus e fazer valer o decreto que proibiu a circulação dos veículos apenas com passageiros sentados e usando máscaras. O sindicato pede por mais ações sanitárias dos órgãos de vigilância da Prefeitura de Manaus. 

A retomada dos serviços não essenciais também eleva o número de passageiros utilizando o transporte coletivo. Durante o período de isolamento social, o número de passageiros teve uma queda de 200 mil por dia, possibilitando maior controle dentro dos veículos.

A expectativa agora é que o fluxo aumente para próximo dos 600 mil passageiros por dia, que era o número diário de usuários antes da pandemia. 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas