Governador diz que não se arrepende de liberar reabertura do comércio no AM

Por Portal do Holanda

22/01/2021 12h17 — em Amazonas

Wilson Lima critica lockdown - Foto: Divulgação/Semcom

Manaus/AM - Após anunciar que o Amazonas pode vivenciar um colapso no sistema de saúde no mês de fevereiro, o governador Wilson Lima disse que não se arrepende de ter voltado atrás nas medidas restritivas de fechamento do comércio no estado, anunciadas logo após o Natal:

“Todas as decisões que a gente tomou foram técnicas baseadas no quadro que a gente tinha no momento. Uma coisa é fazer lockdown na França Alemanha, outra em Manaus. Tem gente que trabalha durante o dia para conseguir a janta à noite", disse à Veja.

Na época, a decisão causou revolta entre comerciantes e trabalhadores e uma multidão foi para as ruas fazer protesto para pressionar Lima a anular o decreto, o que de fato aconteceu.

O recuo foi criticado por especialistas e autoridades do estado, mas o governador bateu o martelo e liberou o funcionamento do serviço não essencial por mais 7 dias.

Diante do cenário catastrófico atual, pesquisadores voltaram a recomendar lockdown e afirmam veementemente que se a medida não for tomada agora, a terceira onda da pandemia no Amazonas será só uma questão de tempo e não deve tardar.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas