Polícia diz que Dr. Jairinho praticou sessão de tortura contra Henry Borel

Por Portal do Holanda

08/04/2021 9h34 — em Policial

Vereador Dr. Jairinho é preso pela morte do menino Henry Borel, no Rio — Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Rio de Janeiro diz que o vereador Dr. Jairinho teria praticado pelo menos uma sessão de tortura contra o menino Henry Borel, seu enteado, semanas antes da morte da criança.

Segundo o G1 Rio de Janeiro, as investigações revelaram ainda, que Jairinho teria se trancado no quarto do apartamento do casal para bater no menino. 

Investigadores da 16ª DP (Barra da Tijuca) suspeitam que o vereador agrediu o menino com chutes e golpes na cabeça. Conforme a polícia, a mãe de Henry, Monique Medeiros, sabia de agressões.

Em 12 de fevereiro, Monique descobriu que Jairinho estava trancado no quarto do apartamento com Henry. De acordo com a polícia, a mãe estranhou que ele tenha chegado cedo em casa.

A causa da morte do Henry foi “hemorragia interna e laceração hepática [danos no fígado] causada por uma ação contundente [violenta]”.

O casal foi preso na manhã desta quinta-feira (8) na casa de parentes de Monique em Bangu, na Zona Oeste do Rio. 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Policial